SOBRE NÓS

Somos uma entidade sem fins lucrativos com a missão de contribuir para o desenvolvimento humano, a transformação social e a cultura de paz.

O Instituto Caminho do Meio (ICM) foi fundado em Viamão em  2008, consolidando as ações de transformação social do mestre budista Lama Padma Samten e de seus estudantes, praticantes do budismo tibetano ligados ao Centro de Estudos Budistas Bodisatva (CEBB).

As atividades do ICM acontecem em diversas cidades do Brasil, junto às Aldeias CEBB – comunidades que surgem em torno dos centros budistas do CEBB. Atualmente, são sediadas em cinco destas aldeias: Viamão (RS), Timbaúba (PE), Alto Paraíso (GO), Canelinha (SC) e Quatro Barras (PR).

Nossa história

O Instituto Caminho do Meio foi constituído juridicamente em 2008, mas suas atividades tiveram início muito antes, pela visão e ação do Lama Padma Samten

O Instituto Caminho do Meio (ICM) surgiu como fruto das atividades ambientais e sociais desenvolvidas, desde os anos 1970, pelo Lama Padma Samten, na época Alfredo Aveline. Professor de física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Aveline foi voz atuante nos debates sobre energia nuclear no País, além de ter sido um dos fundadores da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (AGAPAN).

Anos mais tarde, ele tornou-se aluno de Sua Eminência Chagdud Tulku Rinpoche (mestre budista tibetano), por quem foi ordenado Lama em 1996. Desde então, aliou e expandiu suas atividades de transformação do mundo a partir da visão ampla trazida pela tradição budista, dando origem ao Instituto.

O ICM-C Instituto Caminho do Meio Canelinha foi criado a partir da fundação do CEBB Mendjila, em Canelinha, Santa Catarina, que aconteceu em 2010. Foi constituído juridicamente em 2019, mas já atuava informalmente desde 2016. Veja na galeria de fotos as diferentes atividades já realizadas pelo ICM-C desde então.

Veja aqui nossa história completa.